Como manter a saúde mental na quarentena

Como manter a saúde mental na quarentena

Nas resoluções para o ano de 2020, se havia algo que ninguém esperava, muito menos eu, era uma pandemia causada por um novo vírus. O coronavírus, que teve seus primeiros casos na China no final de 2019, espalhou-se pelo globo e vem mudando a vida de milhões de pessoas.

Os governos do mundo inteiro decretaram quarentena a fim de resguardar a saúde de todos os cidadãos e conter os efeitos catastróficos que poderiam ocorrer.

Muitas pessoas, no entanto, jamais passaram pela experiência de ficarem confinadas em suas próprias casas, sem poder sair para ir a praia, ao parque ou a algum encontro com os amigos. Isto muda completamente o nosso jeito de nos relacionar com o mundo, pois interfere diretamente em nossa rotina e tratos sociais.

No Brasil, existem cidades que estão há mais tempo em quarentena do que outras e alguns dos efeitos colaterais dessas medidas já começam a ser sentidas na esfera psicológica de milhares delas.

Por mais que seu estilo de vida seja mais voltado à casa, conviver com a ideia de que você está impossibilitado de sair a lazer e, quando precisar ir ao mercado, vai encontrar pessoas com máscaras e luvas e restrições de circulação, pode gerar um grande estresse mental.

Portanto, além do próprio estresse do confinamento, soma-se o medo de contágio por uma doença viral. Isso pode levar a quadros  como estresse pós-traumático, síndrome do pânico, ansiedade e sintomas depressivos. Além disso, o indivíduo pode sentir-se inclinado a consumir alimentos em excesso ou recorrer a bebidas alcoólicas ou remédios tranquilizantes com o objetivo de aliviar este sofrimento. 

Contudo, sabemos que estas são atitudes que somente pioram o quadro. Por isso, vamos dar algumas dicas sobre como enfrentar a quarentena e preservar a sua saúde mental em tempos de coronavírus, a seguir.

  1. Cuidado com o excesso de informação

Manter-se bem informado por canais de comunicação confiáveis e oficiais é fundamental para saber o que está acontecendo lá fora e como você deve agir. No entanto, ficar consumindo informações o tempo todo pode causar uma ansiedade muito grande. Um conselho é assistir ao noticiário da manhã, que trará um resumo de tudo o que ocorreu no dia anterior e não vai te deixar ansioso para dormir. Se prefere notícias no computador, eleja um tempo e horário para isso.

Além disso, cuidado com as informações repassadas por redes sociais e WhatsApp! Os canais oficiais de saúde informarão quando houver um método mais eficiente de prevenção ao coronavírus, portanto, não saia se automedicando ou fazendo receitas caseiras.

2. Mantenha uma rotina sustentável e saudável

A quarentena, seja pelo coronavírus ou por outro motivo, faz com que a rotina seja modificada de forma extrema e abrupta. No entanto, deve se ter em mente que, após tudo isso passar, sua vida voltará ao normal e você deve estar preparado para isso.

Portanto, arranje suas atividades de uma forma que se assemelhe a sua rotina antes da quarentena. Se você fazia exercícios físicos, continue fazendo, separando um tempo e espaço para isso. Caso não fazia, procure inserir de uma forma que seja possível continuar depois. 

Também não esqueça que uma alimentação saudável é fundamental para manter uma boa saúde mental: procure elaborar suas próprias refeições e evite comidas prontas, gordurosas e açucaradas.

Quem faz terapia, deve continuar fazendo-a através dos meios digitais. Isso é importante para preservação da saúde mental. Existem outros profissionais de outras áreas como personal trainers que também estão oferecendo atendimento remoto. É uma boa alternativa para manter a rotina de corpo são e mente sã!

3. Reinvente os momentos de lazer

Durante a quarentena, o lazer que antes era dividido com momentos com reuniões e rua, agora é completamente dentro de casa. Assim, novas formas de lazer devem ser pensadas. Aproveite para ler aqueles livros que você sempre quis, voltar a jogar aquele jogo que você amava tanto ou a colocar novamente o álbum do seu artista preferido e escutá-lo do início ao fim, sem outras distrações.

Você também pode procurar por dicas de coisas novas a fazer na internet, procurar cursos em uma área que goste ou investir em um hobby que sempre pensou em fazer. O mote para lazer é reinventar-se

4. Faça atividades com a família

Se o coronavírus lhe colocou em quarentena junto a sua família, não deixe de ter momentos de reunião geral. Procurem fazer as principais refeições como almoço e jantar juntos e longe de televisões ou notícias, aproveitem aquele momento. Também reúnam-se à sala para conversar sobre assuntos aleatórios.

Se você possui crianças, pense em atividades conjuntas. Organize uma ‘gincana de limpeza de casa’ ou joguem um jogo de tabuleiro. Também pode ser um bom momento para filtrar o conteúdo que os pequenos estão consumindo no mundo digital e indicar alternativas que sejam mais adequadas.

5. Mantenha contato com os amigos

Não poder mais se reunir não significa se distanciar de quem você gosta. Organize chamadas de vídeo com seus amigos para vê-los e jogar conversa fora. Mantenha os vínculos ativos com as pessoas que você ama e aproveite os recursos que a tecnologia oferece para isso.

Inclusive, há pessoas que organizam até Happy Hours com o pessoal do escritório através de videochamada, cada um na sua casa. Que ideia divertida para conversar com o pessoal, não é mesmo?

6. Tenha disciplina no home office

Quem está trabalhando no regime de home office, ou teletrabalho, deve ter disciplina redobrada. Procure manter a rotina que você tinha antes para não se atrapalhar nos horários. Acorde, tome seu banho e seu café, coloque uma roupa e eleja um cantinho do trabalho. Tire suas pausas para descanso, separe seus horários de almoço e saiba a hora de acabar o expediente.

Se puder, evite trabalhar do seu quarto, ainda mais da sua cama. Separar os momentos de trabalho, descanso e lazer são fundamentais para preservar a sua saúde mental durante a quarentena. 

Juntos, vamos passar por isso

Pense que todos estão juntos nessa. Apesar de estamos distantes uns dos outros, agora temos a clareza de fazemos parte da família humana e de que temos que nos preservar tanto para o coletivo – não saindo de casa – quanto para o individual, como nas dicas que dei.

Pense que quem escreveu este texto também está em quarentena, trabalhando de casa, e segundo essas recomendações. Quem sabe, você sabendo disso, o sentimento de que estamos todos juntos nessa fique ainda mais claro. O momento agora é de união, reflexão interna e fortalecimento. Estamos juntos e juntos somos mais fortes!

Fonte: https://psiquiatriapaulista.com.br/como-manter-a-saude-mental-na-quarentena-do-coronavirus/

Deixe uma resposta

Fechar Menu
  • Sign up
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
×
×

Carrinho